Cachorros têm noção de tempo?

Quem tem cãozinho em casa já deve ter visto o animal ficar agitado e correr para a porta sem motivo algum, como se estivesse esperando por alguém. Isso ocorre porque os cachorros possuem uma noção de tempo muito boa e provavelmente estava na hora de alguém chegar em casa.

Os cães percebem o tempo, mas de uma maneira diferente de nós humanos: eles não contam os minutos, horas, dias e semanas, mas sentem o tempo passar graças aos seus sentidos e ao seu relógio interno.

Em partes, essa sensação é semelhante àquela dos humanos, baseada nas necessidades do corpo, como sono e fome. Por outro lado, a noção temporal deles é um pouco diferente da nossa devido à grande capacidade olfativa.

O cachorro tem noção de tempo por conta do ciclo circadiano, onde o sistema nervoso central dos cães recebe estímulos do meio ambiente, conforme a luminosidade do dia ou a diminuição da luz à noite, o que estimula a produção de hormônios como melatonina – hormônio do sono, pois auxilia o cérebro ao informar que é a hora de dormir – e cortisol – hormônio liberado para preparar nosso organismo quando estamos em perigo.

O aumento da luminosidade do dia faz com que o cortisol desperte, aumentando a frequência cardíaca e provocando fome, assim, os cachorros sabem que está na hora de acordar e comer, por exemplo. Quando a noite começa a surgir, a produção de melatonina aumenta e o metabolismo diminui, fazendo com que o pet sinta cansaço e sonolência.

O olfato é outro fator

Os cheiros que o cão sente ao longo do dia ajudam a perceber a passagem do tempo. Quando o tutor sai de casa, por exemplo, o cheiro dele ainda está forte, então o cão sabe que é algo recente, presente. Com o passar do dia, o odor do humano fica cada vez mais fraco até o horário em que o tutor chega em casa.